Esta cerimônia confere a bênção divina ao novo casal. Pode ser realizada
na Igreja ou em local apropriado à escolha dos noivos.
1. Entrada dos padrinhos e noivo
2. Entrada da noiva
3. Saudação
4. Oração
5. Leitura responsiva (Pv 18.22; Pv 31.10; Hb 13.4; Ef 5.22,25)
Dirigente: O que acha uma esposa acha o bem e alcançou a benevolência
do SENHOR.
Igreja: Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de
finas jóias.
Dirigente: O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de
ganho.
Igreja: Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida.
Dirigente: Que o casamento seja respeitado por todos, e que os maridos e
as esposas sejam fiéis um ao outro.
Mulheres: As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao
Senhor;
Homens: Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a Igreja
e a si mesmo se entregou por ela,
6. Louvor
7. Pregação da Palavra de Deus
O pregador pode basear sua mensagem em um dos seguintes textos
bíblicos: Ef5.15-33; Gn 2.18-25; 1Co 13; ou em outra passagem bíblica de
sua escolha.
8. Noivos confirmam sua decisão e promessa mútua
Pode ser usado um texto redigido pelo dirigente ou pelos próprios noivos.
9. Alianças
Alianças são colocadas como sinal da promessa feita sob a bênção de
Deus.
10. Oração
11. Bênção (Ef 3.14-17,20-21)
Dirigente: Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai, de quem
toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra, para que,
segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com
poder, mediante o seu espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no
vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor.
Igreja: Aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo
quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a
ele seja a glória, na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para
todo o sempre. Amém!

FONTE: BÍBLIA DO OBREIRO