11111111111111111111111111111111111


“Peito Seco”, “Peito Faca” ou “Peito em Quilha” são diferentes denominações populares que
descrevem o quadro de Emaciação ou Caquexia, situação de debilidade relativamente comum entre os
pássaros. Trata-se não de uma doença, mas de um quadro de queda da imunidade do pássaro e
conseqüente instalação de uma infecção crônica. Há diminuição do apetite e do aproveitamento dos
alimentos, o que leva à queda nas reservas de gordura. O pássaro passa então a utilizar a reserva das
proteínas musculares, com atrofia dos músculos peitorais e conseqüente pronunciamento do osso esterno
ou “quilha”, daí a denominação “Peito Seco”.



 Várias são as possíveis causas para a ocorrência do “Peito Seco”, como infecções bacterianas,
fúngicas ou parasitárias, além de causas nutricionais e físicas.



Em geral as causas não são únicas, mas há um conjunto delas levando à instalação do quadro.
Também contribuem os fatores ambientais como: manejo inadequado ou estresse a que são submetidos os
pássaros nas trocas de ambiente e transporte, ou ainda nos períodos de reprodução e muda de penas.



 Cuidados com a higiene, diminuição das chances de estresse e adequada alimentação são
práticas que ajudam a evitar o surgimento do problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *