Sintomas: Fulminante, a ave fica num canto da gaiola, asas caídas, penas soltas e respiração ofegante,
morte repentina. 



Tratamento: Isolar a ave doente, desinfetar o canário e local com água com soda, administrar sulfas e
antibióticos, clorofenicol e vitaminas. 



AGUDA 
Sintomas: Ave não canta, não tem vivacidade, se retirando para um canto da gaiola, sede, diarréia
amarela-esverdeada, cloaca suja, respiração ofegante. 



Tratamento: Os mesmos citado para paratifose e desinfecção e bactericida.
As aves curadas são portadoras dos germes. 



CRÔNICA 
Sintomas: Diarréias alternada com constipação intestinal, emagrece rápido, articulações inchadas. 


Tratamento: O mesmo referido as outras duas formas. Evitar cruzar as aves curadas por normalmente
transmitirem esterilidade a sua prole ou enterite. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *