DERRAMAMENTO  E  A  ATUAÇÃO  DO  ESPÍRITO  SANTO.
956. O ESPÍRITO SANTO.
1. Conduz ao novo nascimento. Jo. 3:1-8.
2. Satisfaz plenamente o coração. Jo. 4:10-14.
3. Deseja fluir de nós em rios de água viva. Jo. 7:37-39.
4. Permanece conosco para sempre. Jo. 14:16,17.
5. Testemunha do Senhor Jesus. Jo. 15:26,27.
6. Convence o mundo do pecado. Jo. 16:7-11.
7. Conduz a toda verdade. Jo. 16:12-15.
957. O ESPÍRITO SANTO, COMO MESTRE. JO. 14:26.
1. Seu Ser:
a) Ele é divino. 1 Co. 3:16; Gl. 4:6.
b) É indispensável. 1 Co. 2:11,14.
c) É suficiente. 1 Jo. 2:27.
d) Continua a obra de Jesus Cristo. Jo. 16:14,15.
2. Sua instrução:
a) Abre o entendimento. Ef. 1:17,18.
b) Revela os mistérios de Deus. 1 Co. 2:7 ss.
c) Revela as maravilhas da divindade. 1 Co. 2:9,10.
d) Faz lembrar das palavras de Jesus. Jo. 14:26.
e) Livra-nos de seguir nossos próprios caminhos. At. 16:6,7.
3. Somos instruídos por Ele enquanto:
a) Obedecemos. At. 8:26 ss.
b) Meditamos. At. 10:19.
c) Aguardamos. Lc. 2:26.
d) Ouvimos. Ap. 2:7.
e) Servimos. At. 13:2.
4. A bênção da instrução aceita:
a) Conhecemos o Senhor com mais clareza. Ef. 1:17ss.
b) Usamos palavras de sabedoria. 1 Co. 2:12,13.
c) Recebemos o ensino fundamental. 1 Jo. 2:27.
d) Temos a unção divina. 1 Jo. 2:20,27.
e) somos bênçãos para outros. At. 1:8.
958. O ESPÍRITO SANTO.
1. Quem é o Espírito Santo?
a) Uma pessoa, como o Senhor. Jo. 16:13.
b) Se pensássemos mais nisso, levaríamos o Espírito Santo mais a sério e procuraríamos entristecê-lO menos. Ef. 4:30.
2. O que o Espírito Santo faz?
a) Revela o Senhor Jesus. Jo. 16:14.
b) Demonstra o Ser de Deus. l Co. 2:9,10.
c) Reveste para o ministério. At. 1:8.
d) Batiza e enche o crente. At. 1:5; 2:4.
3. Como recebemos o Espírito Santo?
a) Através da fé. Gl.3:2.
b) Pelo arrependimento e abandono do pecado. At. 2:38.
c) Pela obediência ao Senhor. At. 5:32.
d) Através da oração. Lc. 11:13.
959. NOMES DO ESPÍRITO SANTO.
É chamado de Espírito:
1. Da verdade. Jo. 14:17; 15:26; 1 Jo. 4:6.
2. Da graça. Zc. 12:10; Hb. 10:29.
3. Da vida. Rm. 8:2.
4. Da promessa. Ef. 1:13.
5. De adoção. Rm. 8:15.
6. De poder, de amor e de moderação. 2 Tm. 1:7.
7. De santidade. Rm. 1:4.
8. De sabedoria e de revelação. Ef. 1:17.
9. Da glória. 1 Pe. 4:14.
10. Do amor. Rm. 15:30.
11. Da fé. 2 Co. 4:13.
12. Do Senhor. 2 Co. 3:17.
960. SEIS GRANDES PROMESSAS EM JOÃO 16.
1. Do Espírito Santo como Consolador. V.7.
2. De um Mestre: Vv.13,14.
a) Que guia a toda a verdade. V.13.
b) Que revela cousas futuras. V.13; 1 Co. 2:9,10.
c) Que glorifica a Jesus. V.14.
3. Da volta de Cristo. V.22; Jo. 14:3.
4. Da oração respondida. Vv.23,24.
5. Da Sua paz. V.33.
6. Da vitória. V.33.
961. SETE MINISTÉRIOS DO ESPÍRITO SANTO.
1. Ensina todas as coisas ao crente. Jo. 14:26.
2. Lembra dos ensinamentos de Jesus. Jo. 14:26.
3. Testifica do Senhor Jesus. Jo. 15:26.
4. Guia a toda a verdade. Jo. 16:13.
5. Anuncia o vindouro. Jo. 16:13.
6. Glorifica o Senhor. Jo. 16:14.
7. Transmite o que recebeu do Senhor. Jo. 16:14.
962. O ESPÍRITO SANTO CONVENCE: JO. 16:8-11.
1. Do pecado. At.2:37; Sl. 32:3-5.
2. Da justiça. At.24:25.
3. Do juízo. At.17:31,32.
4. Da incredulidade. Jo. 16:8-11.
963. NO ESPÍRITO, NÓS DEVEMOS:
1. Começar. Gl. 3:3.
2. Viver. Gl. 5:25.
3. Andar. Gl. 5:25.
4. Orar. Ef. 6:18.
5. Amar. Cl. 1:8.
6. Adorar. Fp. 3:3.
7. Pregar. 1 Ts. 1:5.
964. O ESPÍRITO SANTO VEIO PARA:
1. Dar poder para o ministério. At. 1:8.
2. Falar com intrepidez através dos Seus servos. At. 4:31.
3. Proteger-nos de hipócritas. At. 8:14-24.
4. Revestir-nos para o trabalho missionário. At. 13:1-4.
5. Glorificar o Senhor ressurreto. At. 7:55.
6. Ser nosso guia no ministério. At. 16:7-10.
965. PENTECOSTES. AT. 2.
1. O Espírito Santo veio quando:
a) O dia de Pentecostes se cumpriu. V.1.
b) Os discípulos esperaram por Ele. At. 1:4.
c) Os discípulos cumpriram a ordem de Jesus. Lc. 24:49; At. 1:4.
d) Perseveraram unânimes na oração. At. 1:14.
e) Esperaram pela promessa. Jl. 2:28-32.
2. O Espírito Santo veio sobre:
Todos os que esperaram o cumprimento da promessa. V.4; Jo. 7:39.
3. O Espírito Santo veio:
a) De repente, assim será a volta de Jesus. V.2; Mt. 25:6
b) Como um vento impetuoso, para vivificar. Ez.37:9.
c) Em forma de línguas de fogo. V.3.
4. O Espírito Santo veio para:
a) Glorificar a Cristo. Jo. 16:14.
b) Edificar a igreja de Cristo. Ef. 2:20-22.
c) Habitar no homem e fazer dele Seu templo. 1 Co. 6:19.
d) Conceder dons espirituais. v.4; l Co. 12:4.
e) Revestir as testemunhas de Cristo. At. 1:8.
f) Dar-nos a adoção de filhos. Rm. 8:15,16.
5. O Espírito Santo realizou coisas inéditas, grandes e poderosas:
a) Publicanos e pescadores encheram o mundo com o Evangelho de Cristo. At. 5:28; 17:6.
b) Ele causou grande espanto. V.12.
c) Perguntas sérias por Deus e conversões. Vv.37,41.
d) Obediência a Palavra de Deus. V.42.
966. O TESTEMUNHO DO APÓSTOLO PEDRO. AT. 2:14-36.
1. Ele falou do cumprimento da promessa. Vv.16-21.
2. Da transformação dos seus irmãos. V.15 ss.
3. Da aceitação divina de Cristo. V.22.
4. Da grande culpa de Israel. V.23.
5. Do poder da ressurreição de Cristo. V.24.
6. Do testemunho de Davi. V.25 ss.; SI. 16:8.
7. Do fato da exaltação de Cristo. Vv.33-36.
967. O PODER DO EVANGELHO. AT. 2:37-47.
A mensagem anterior foi dirigida a Israel que rejeitou o seu Messias, mas Deus ofereceu ao povo uma nova oportunidade, através do Evangelho.
1. O que a mensagem do apóstolo causou?
a) Uma profunda convicção do pecado. A mensagem compungiu-lhes o coração. V.37.
b) Uma pergunta séria: o que devemos fazer? V.37.
c) Lima resposta clara. V.38.
d) A aceitação da mensagem. V.41.
2. Os frutos da fé:
a) Perseveravam na doutrina e na oração. Vv.42,46.
b) Amavam-se de coração. V.42.
c) Lembravam-se do Senhor, no partir do pão. V.42,46.
d) Cuidavam-se mutuamente. Vv.44,45.
e) Louvavam a Deus. V.47.
f) O número dos salvos aumentava diariamente. V.47.
968. O PENTECOSTES SIGNIFICA QUE:
1. O Senhor morreu por nossos pecados e foi exaltado. At. 2:23ss.; Jo. 7:39.
2. A promessa cumpriu-se. At. 2:16; Jl. 2:28-32.
3. Cristo tem poder para cumprir Sua palavra. At. 1:5.
4. Temos poder para testemunhar. At. 2:17,18.
5. Possuímos a plenitude de bênçãos. At. 2:39,40; Gl. 3:13,14.
6. Deus pode capacitar pessoas fracas e incapazes. At. 2:7.
7. Deus quer salvar todos. At. 2:21.
969. AQUELE QUE QUISER RECEBER O ESPÍRITO SANTO DEVE: AT. 19:2.
1. Primeiramente aceitar, pela fé, a obra da salvação de Jesus Cristo.
Muitos falam do Espírito Santo, mas nunca experimentaram o que é morrer com Cristo.
2. Separar-se do pecado reconhecido.
3. Confessar e dispor-se a levar o opróbrio de Cristo. Hb. 13:13.
4. Entregar sua vida sem reservas a Deus. O Espírito Santo deve possuir-nos completamente.
5. Orar especificamente. Lc. 11:13; Mc. 11:24.
Quem ora assim, sabe que pede conforme a vontade de Deus. 1 Jo. 5:14,15.
970. O PODER DO ESPÍRITO SANTO. RM. 15:13.
É indispensável para os filhos de Deus em todos os tempos para:
1. Convencer os pecadores. Jo. 16:8-1 1.
2. Iluminar os filhos de Deus. Jo. 16:13; Jo, 14:26.
3. Dar-lhes o espírito de adoção de filhos. Rm. 8:15; Gl. 4:5,6.
Segundo João 3, fomos renascidos pela palavra e pelo Espírito e, clamamos agora: Aba, Pai; e anelamos pela casa do Pai celeste. Jo. 14:1-3; Hb. 11:10.
4. Santificar-nos. l Co. 6:11; Rm. 15:16.
5. Despertar, em nós, o espírito de oração. Rm. 8:26; Ef. 6:18.
6. Dar comunhão. l Jo. 1:3 ; Fp. 2:1.
7. Dar verdadeira consolação. Jo. 15:26.
971. O ESPÍRITO SANTO ATUA:
1. Derramando o amor de Cristo no coração. Rm. 5:5.
2. Ensinando a andar no Espírito. Rm. 8:4,5.
3. Fortalecendo os crentes para o ministério. Ef. 3:16.
4. Assistindo os filhos de Deus em suas fraquezas. Rm. 8:26.
5. Produzindo o fruto espiritual no crente. Gl. 5:22.
6. Concedendo força para um testemunho alegre. At. 2:4.
972. NÓS AGRADECEMOS AO ESPÍRITO SANTO PORQUE:
1. Concede sabedoria e conhecimento. 1 Jo. 2:20.
2. Guia e aconselha. At.15:28.
3. Reveste para o ministério. At. 6:3.
4. Mostra o caminho. At. 13:2.
5. Dá tarefas. 1 Pe. 4:14.
6. É a riqueza do crente. At. 8:29.
7. Sem Ele nada podemos fazer. Zc. 4:6.
973. OS SOFRIMENTOS DO ESPÍRITO. EF. 4:30.
Nós lemos e falamos muito sobre os sofrimentos de Cristo. Porém, ignoramos completamente os sofrimentos do Espírito.
1. Ele é blasfemado pela arrogância e impiedade do homem. Mt. 12:3 1,32.
2. Ele é ofendido pela soberba do homem. Hb. 10:29.
3. É desafiado pela desobediência. Is. 63:10.
4. Os incrédulos resistem ao Espírito. Gn. 6:3; At. 7:51.
5. É tentado através da hipocrisia. At. 5:1-11.
6. Sente-se traído pela mentira e ganância do homem. At. 5:3.
7. Apagado pela desobediência do crente. 1 Ts. 5:19,20.
8. Entristecido por conversas torpes. E14:29,30.
974. OS DONS DO ESPÍRITO SANTO. I CO. 12.
O Senhor Jesus é a dádiva de Deus ao mundo. Jo. 3:16. Ele oferece tudo o que a humanidade pecaminosa necessita para poder comparecer diante de Deus. O Espírito Santo é a dádiva do Pai e do Filho a todo crente. Ele oferece todas as condições para uma vida frutífera e um testemunho poderoso. 2 Pe. 1:3-7.
1. Estes dons são diversos. Aqui se mencionam nove. Parece que, na igreja de Corinto, todos estavam presentes. Vv.8-10.
2. Os dons do Espírito devem ser procurados com zelo. V.31; 1 Co. 14:1,39.
3. Foram dados por Deus para a edificação da igreja. V.11.
4. Como membros do corpo devemos ser vivificados pelo Espírito e edificados como pedras vivas. 1 Pe. 2:5.
5. São em beneficio de todos. Toda igreja deve aproveitá-los. V.7.
6. Os dons do Espírito devem ser usados com cuidado. Muitos enterram seus dons e toda igreja sofre por isso danos. 1 Tm. 4:14; Mt. 25:18; Ef. 4:16.
7. Devem ser reavivados. 2 Tm. 1:6,7.
975. NO ESPÍRITO.
Após ter recebido o Espírito Santo, o nascido de novo deve mover-se e atuar neste Espírito.
1. Somente, no Espírito, podemos adorar. Jo. 4:23,24.
Adorar, no Espírito, não se limita apenas em ser alguém sério, o mundo também consegue isto. A adoração, que não é oferecida no Espírito, não é aceita por Deus. Ela é apenas fogo estranho sobre o altar. Lv. 10:1ss.
2. No Espírito, percebemos a voz de Deus. Ap. 1:10-18.
No Espírito, João ouviu e viu tudo o que há no céu e na terra, como descreveu em Apocalipse.
3. No Espírito, entendemos as coisas celestes. Ap. 4:1,2.
O livro de Apocalipse tem quatro grandes trechos e cada um deles inicia com: “Achei-me em Espírito” ou “Transportou-me em Espírito”. 1:10; 4:2; 17:3; 21:10.
De outro modo, os grandes mistérios não são compreendidos. Eis a razão porque é tão difícil compreender as coisas futuras. 2 Co. 12:4.
4. No Espírito, vem o poder de Deus ao encontro da impossibilidade humana. Ez. 37:1-10.
5. No Espírito, o crente experimenta o consolo divino. At. 20:22-24.
6. Todo nosso serviço deve ser feito no Espírito. At. 6:3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *