LANÇAMENTO DA PEDRA FUNDAMENTAL

Esta cerimônia deve ser realizada no terreno em que será edificado o
Templo. Algumas Igrejas aproveitam a ocasião para celebrar também o
Lançamento da pedra fundamental do Templo. Neste caso, é preciso que já
se tenha o projeto ou planta do Templo, já que a pedra fundamental será
assentada no alicerce ou fundamento da futura edificação. A presente
ordem permite celebrar as duas cerimônias separadamente ou em conjunto.
1. Saudação
2. Leitura responsiva da Palavra de Deus (S1127.1; Gn 28.16-17; SI
26.8,12)
Dirigente: Se o SENHOR não edificar a casa,
Igreja: em vão trabalham os que a edificam;
Dirigente: se o SENHOR não guardar a cidade,
Igreja: em vão vigia a sentinela.
Dirigente: O SENHOR está neste lugar.
Igreja: Quão temível é este lugar! É a casa de Deus, a porta dos céus.
Dirigente: Eu amo, SENHOR, a habitação de tua casa
Igreja: e o lugar onde tua glória assiste.
Dirigente: O meu pé está firme em terreno plano;
Igreja: nas congregações, bendirei o Senhor.
3. Louvor

4. Pregação da Palavra de Deus
O pregador pode basear sua mensagem em um dos seguintes textos
bíblicos: Gn 28.10-22; SI 84; SI 122; SI 127; Mt 16.13-19; 1 Co 3.9-23;
Ef2.19-22; IPe 2.1-9; ou em outra passagem bíblica de sua escolha.
5. Lançamento da pedra fundamental (cerimônia opcional)
Para celebrar-se esta cerimônia, é preciso estar definido o lugar em que o
Templo será construído. Também faz-se necessária a construção prévia de
uma pequena caixa com blocos ou tijolos, preferencialmente
impermeabilizada, ao nível do alicerce do Templo. A caixa precisa ter uma
tampa, que será lacrada por um pedreiro no momento da cerimônia. Esta
caixa é conhecida como pedra fundamental. No momento apropriado, será
depositado nela um exemplar da Bíblia Sagrada, simbolizando que aquele
Templo está edificado sobre a Palavra de Deus. A Bíblia deve ser
devidamente datada e assinada pela liderança da Igreja e/ou por todos os
irmãos e irmãs presentes à cerimônia. Para maior conservação, esta Bíblia
pode ser envolvida por filme plástico ou colocada dentro de outro
compartimento hermeticamente fechado antes de ser definitivamente
depositada no alicerce do Templo. A critério de cada Igreja, também
podem ser depositados na pedra fundamental outros livros e documentos
significativos para a denominação, como os Estatutos e o Regimento da
Igreja, o(s) hinário(s), livro(s) de oração(ões), etc. Sugere-se a seguinte
ordem:
Com ordem e decência, todos os presentes aproximam-se do local em que
será lançada a pedra fundamental.
Dirigente: Vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa
espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios
espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo. (1Pe 2.5)
Igreja: O SENHOR te escolheu para edificares casa para o santuário; sê
forte e faze a obra. (1Cr 28.10)
DEDICAÇÃO DO TERRENO
O dirigente ou um dos líderes da Igreja deposita a Bíblia Sagrada datada,
assinada e protegida (bem como os demais documentos e livros, caso haja)
na pedra fundamental do futuro Templo. Enquanto a tampa da pedra fundamental é devidamente cimentada e vedada por um pedreiro, o
dirigente diz:
Dirigente: A palavra de nosso Deus permanece para sempre (Is 40.8). Sois
da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e
profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; no qual todo o
edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual
também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no
Espírito. (Ef 2.19b-22) Igreja: Agora, pois, ó nosso Deus, graças te damos e
louvamos o teu glorioso nome. (lCr 29.13)
6. Oração de consagração do terreno à obra do Senhor
O dirigente ou um dos líderes da Igreja poderá orar livremente, dedicando o
terreno em que será edificada a Igreja à obra de Deus. Nesta oração,
também pode ser incluída uma intercessão em favor dos que hão de
trabalhar na construção, pedindo que Deus os abençoe com sabedoria, força
e segurança.
7. Bênção (2Co 13.13)
Dirigente: A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a
comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós.
Todos: Amem.

FONTE: BÍBLIA DO OBREIRO