Para o início desta cerimônia, toda a Igreja posiciona-se defronte à entrada
principal do Templo, estando fechada(s) a(s) porta(s) do edifício.
1. Saudação
2. Leitura responsiva (S1122.1-4; SI 24.3-4,7,10)
Dirigente: Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor.
Igreja: Pararam os nossos pés junto às tuas portas, ó Jerusalém!
Dirigente: Jerusalém, que estás construída como cidade compacta,
Igreja: para onde sobem as tribos, as tribos do SENHOR, como convém a
Israel, para renderem graças ao nome do Senhor.
Dirigente: Quem subirá ao monte do Senhor? Quem há de permanecer no
seu santo lugar?
Igreja: O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua
alma à falsidade, nem jura dolosamente.
Dirigente: Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais
eternos, para que entre o Rei -da Glória.
Igreja: Quem é esse Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da
Glória.
Ingresso ao Templo
Dirigente: Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos,
pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pela
sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, aproximemo-nos,
com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de
má consciência e lavado o corpo com água pura. (Hb 10.19-22)
Igreja: Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes,
façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.
(Hb 10.25)

O dirigente ou um dos líderes da Igreja abre a(s) porta(s) do Templo e
convida:
Dirigente ou líder: Vinde, adoremos o SENHOR, que nos criou (SI 95.6).
Adorai o SENHOR na beleza da sua santidade (SI 96.9).
A Igreja adentra ao Templo com louvores.
4. Louvor
5. Pregação da Palavra de Deus
O pregador pode basear sua mensagem em um dos seguintes textos
bíblicos: lRs 8.1-13; 1Rs 8.22-30; lCr 29.1-20; SI 72; SI 84; SI 122; SI 138;
Hb 10.19-25; ou em outra passagem bíblica de sua escolha.
6. Oração de consagração do Templo à obra de Deus
O dirigente ou um dos líderes da Igreja poderá orar livremente, dedicando o
Templo, seus móveis, instrumentos musicais, aparelhagens de som e
demais utensílios à obra de Deus.
7. Bênção (Nm 6.24-26)
Dirigente: O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o
rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o rosto e
te dê a paz. Todos: Amém.

FONTE: BÍBLIA DO OBREIRO