Esta cerimônia pode ser realizada durante um culto na Igreja por ocasião do
Comissionamento ou envio de um(a) missionário (a).
1. Saudação
2. Leitura responsiva (1Tm 2.4; Rm 10.12-15; Jo 20.20-21; At 1.8)
Dirigente: Deus deseja que todos os homens sejam salvos

Igreja: e
cheguem ao pleno conhecimento da verdade.
Dirigente: Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o
mesmo é o Senhor detodos,
Igreja: rico para com todos os que o invocam.
Dirigente: Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Igreja: Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como
crerão naquele de quem nada ouviram?
Dirigente: E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se
não forem enviados?
Igreja: Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam
coisas boas!
Dirigente: Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim
como o Pai me enviou, eu também vos envio.
Igreja: E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o
Espírito Santo.
Dirigente: Sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a
Judéia e Samaria e até aos confins da terra.
3. Louvor
4. Pregação da Palavra de Deus

O pregador pode basear sua mensagem em um texto bíblico sugerido
pelo(a) missionário (a) a ser comissionado (a) ou em uma das seguintes
passagens: Gn 12.1-3; Js 1.1-9; SI 23; SI 126; Is 6.1-8; Mt 28.19-20; Lc
8.4-15; At 1.8; Rm 10.1-15.
5. Comissionamento
A liderança da Igreja e outros ministros presentes são convidados a vir à
frente da Igreja. Também o(a) missionário (a) vem à frente da Igreja,
postando-se de frente para os líderes e ministros presentes. O dirigente
descreve brevemente a missão para a qual será comissionado (a) o(a)
missionário(a). Trava-se, então, o seguinte diálogo baseado em Is 6.8 e Js
1.9:
Dirigente: Ouvi a voz do SENHOR, que dizia: A quem enviarei, e quem
há de ir por nós?
Missionário(a): Eis-me aqui, envia-me a mim.
Dirigente: Sê forte e corajoso(a); não temas nem te espantes,
Igreja: porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.
O(a) missionário (a) é convidado (a) a ajoelhar-se. O dirigente e outros
líderes presentes impõem suas mãos sobre o(a) missionário (a) e cada qual
recita um versículo ou trecho bíblico. Sugerem-se os seguintes textos: SI
121.7-8; Is 52.7; Ef 6.13-14; 1Co 15.58, entre outros que podem ser
proferidos. Uma vez ditos os textos, o(a) missionário (a) pode permanecer
ajoelhado, enquanto segue a oração.
6. Oração
O dirigente ou alguém por ele designado pode orar livremente invocando a
bênção do Senhor sobre o(a) missionário (a) comissionado (a). Após esta
oração, o(a) missionário (a) levanta-se e retorna ao seu lugar, juntamente
com os líderes da Igreja.
7. Bênção (Mt 28.19-20; 2Co 13.13)
Dirigente: Jesus, aproximando-se, falou aos discípulos, dizendo: Toda a
autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de
todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito

Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E
eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.
A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do
Espírito Santo sejam com todos vós.
Todos: Amém.

FONTE: BÍBLIA DO OBREIRO