Inflamação do apêndice, causada por alimentação inadequada,
PRISÃO DE VENTRE ou até
mesmo por focos infecciosos.
O paciente sente dor súbita no
ventre, abaixo do umbigo, acompanhada de sensação de mal-estar, náusea, vômitos e falta de apetite. Esses sintomas podem ser
acompanhados de febre ou não, e
precisam ser bem observados, pois
as dores abdominais, por exemplo,
podem ter como causa o acúmulo
de gases ou de matéria sólida em
determinada parte do abdome –
nesses casos, desaparecem com a
evacuação. Na fase aguda da inflamação,
as dores tornam-se cada vez mais
intensas e constantes, podendo haver alívio repentino depois de um
período de dor, que deve ser considerado como sinal de perigo: este
alívio pode significar a perfuração
do apêndice ou o início de gangrena no órgão. E muito importante
procurar socorro médico imediatamente. Na maioria das vezes, a solução para o problema consiste em
extirpação cirúrgica do apêndice.
Porém a inflamação pode ser combatida se identificada a tempo.
Evite o uso de bebidas alcoólicas, fumo , café, chá-preto, condimentos irritantes, alimentos gordurosos (frituras, laticínios, margarina
ovos), alimentos industrializados
embutidos. Utilize alimentação natural, composta de vegetais crus,
cereais integrais e frutas frescas da
época. Beba muita água pura e
fresca e utilize alimentos ricos em
FIBRAS

TRATAMENTOS
Hortaliças
Agrião • Suco diluído em água. Tomar 250 ml, 2 vezes ao dia.
Cebola • Chá (200 g para 1 litro de água). Cozinhar a cebola na
água por 15 minutos e depois de esfriar tomar 3 xícaras ao dia.
Tomate, Cenoura e Beterraba • Suco combinado. Tomar 250 ml, 4 vezes ao dia.

Frutas
Banana, Maçã e Mamão • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*
Limão • Cura de limão. Siga as orientações da página 50.
Maçã • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*
Mamão • Refeições acompanhadas apenas com torradas e mel, 3
vezes por semana.
Pêra • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

Plantas
Alfavaca e Urtiga • Chá combinado (30 g para 1 litro de água). Tomar
2 xícaras ao dia.
Cavalinho • Chá das folhas (20 g para 1 litro de água). Tomar 5 xícaras
ao dia.

FONTE: Medicina Alternativa De A a Z

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *