Inflamação que se apresenta na
forma de furúnculos, causada pela
ação de germe do tipo stophylococcus. As feridas concentram-se
principalmente na região da nuca,
nas nádegas, nos ombros e nas
costas e em alguns casos o paciente apresenta febre alta, indisposição geral e falta de apetite.
O agente causador da doença
aloja-se em ambientes gordurosos
e aquecidos (por exemplo, roupas
sujas de suor) voltando a atacar o
paciente e outras pessoas que tiverem contato com suas roupas não
lavadas. Para interromper seu ciclo
de contaminação é preciso promover higienização completa na pessoa infectada, em suas roupas pessoais, em seus lençóis e em suas
toalhas, até que o germe seja eliminado.
Principalmente enquanto persistirem as inflamações, é muito importante suspender da dieta os alimentos de origem animal e os gordurosos (queijos, manteiga, margarina,
frituras etc); suspenda também o uso
de bebidas alcoólicas, fumo, café e
chá preto. Na alimentação, use saladas cruas e frutas frescas da época em abundância, dando preferência àquelas que têm ação DEPURATIVA
DO SANGUE

TRATAMENTOS
Hortaliças
Abóbora • Cataplasma local de abóbora crua ralada. Substituir a cada
3 horas.
Cebola • Fricções com suco de cebola crua ralada, sobre os furúnculos.
Inhame • Cataplasma local de inhame cru ralado. Substituir a cada 3 horas.
• Utilizar na alimentação cozido em vapor.

Frutas
Fruta-pão • Cataplasma local do fruto aquecido. Substituir a cada 3 horas.

Limão • Cura de limão. Siga as orientações da página 50.

Plantas
Arnica • Chá das folhas (40 g para 1 litro de água). Lavar as partes
afetados com o chá, 4 vezes ao dia.
Bardana • Chá usando toda a planta (20 g para 1 litro de água).
Tomar 3 xícaras ao dia.

FONTE: Medicina Alternativa De A a Z

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *