Esta cerimônia pode ser realizada na Igreja, em culto regular ou em
momento especial, ou mesmo no lar do casal aniversariante.
1. Saudação
2. Leitura responsiva (Sl 127.1-2; S1128.1-4; SI 52.8-9)
Dirigente: Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a
edificam.

Igreja: Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a
sentinela.
Dirigente: Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o
pão que penosamente granjeastes;
Igreja: Aos seus amados ele o dá enquanto dormem.
Dirigente: Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus
caminhos!
Igreja: Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem.
Dirigente: Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira
frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa.
Igreja: Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR!
Casal aniversariante: Quanto a mim, porém, sou como a oliveira
verdejante, na Casa de Deus; confio na misericórdia de Deus para todo o
sempre. Dar-te-ei graças para sempre, porque assim o fizeste; na presença
dos teus fiéis, esperarei no teu nome, porque é bom.
3. Louvor
4. Pregação da Palavra de Deus
O pregador pode basear sua mensagem em um dos seguintes textos
bíblicos: SI 127; SI 128; Lc 6.47-49; ou em outra passagem bíblica de sua
escolha.
5. Homenagens
6. Oração
7. Bênção: (SI 72.7,17)
Dirigente: Floresça em seus dias o justo, e haja abundância de paz até que
cesse de haver lua.
Todos: Subsista para sempre o seu nome e prospere enquanto resplandecer
o sol; nele sejam abençoados todos os homens, e as nações lhe chamem
bem-aventurado. Amém

FONTE: BÍBLIA DO OBREIRO